Weekend’s Clip: “Misery”, do Maroon 5

7 08 2010

Talvez vocês não entendam esse clipe! xD

Brincadeira. De primeira, eu achei muito estranha toda a disposição das cenas e fotografia, mas depois vi que o enredo é que é non-sense mesmo.

Primeiro single do Maroon 5 em 3 anos, “Misery” mostra que a banda estadunidense ainda cai nos mesmos ritmos e baladas românticas dos álbuns bem sucedidos “Songs About Jane” e “It Won’t Be Soon Before Long”. A banda, pelo que se pode verificar no últimos anos, não se arrisca em novas terras, novos horizontes, não sonha com novas influências. Parece que o peso dos 5 Grammys adquiridos nos últimos anos não deixam acontecer um novo voo.

Tudo bem, em time que está ganhando a gente não deve mexer. Mas… inovar é sempre bom!

O novo álbum, “Hands All Over”, chega em setembro.

Curtam “Misery”.

(PS: sim, eu queria estar no lugar de Adam Levine. Ele que se deu bem aí xD)

@cadu_macedo

Anúncios




Weekend’s Clip: “Here It Goes Again”, do OK Go

16 07 2010

Boa noite, pessoal! De novo, é muito bom estar de volta!

Desculpem por esses dias sem atualizar o blog, mas é que universidade não é brincadeira. xD

Hoje, completamos a trilogia iniciada há um tempo atrás: “Here It Goes Again“, do OK Go (banda conhecida por aqui ; ]), se junta a “This Too Shall Pass” e “End Love“, formando uma das melhores “trilogias” de clipes do mundo.

Fala-se muito em trilogia pois as três produções foram criadas e tiveram motivações totalmente diferentes. OK Go continua a ser uma das bandas mais influentes nos clipes “alternativos” (e caros!), mas começa agora a dividir este reinado com conjuntos ainda mais undergrounds, fechando seu ciclo de liderança isolada. Isso é bom. Quanto mais gente produzindo conteúdo, maior será a variedade e quantidade de trabalhos sensacionais. Essa é a teoria. xD

Aproveite. Quem sabe você não faz isso na academia?

@cadu_macedo





Weekend’s Clip: “Strawberry Swing”, do Coldplay

2 04 2010

Um dos melhores e mais demorados clipes da história. Assim eu definiria “Strawberry Swing“, clipe da música homônima contida no devastador “Viva la Vida or Death and All His Friends“, Melhor Álbum de Rock do Grammy Awards de 2009 e álbum mais vendido de 2008.

Neste clipe, Chris Martin, vocalista do Coldplay, vive uma história de amor e aventura. Tudo isso se dá através de desenhos a giz colocados no chão do galpão onde o clipe foi gravado, constituindo a técnica de Stop Motion, uma das mais demoradas e trabalhosas do mundo cinematográfico.

Strawberry Swing” foi sucesso de crítica, tanto pela qualidade e composição da gravação (áudio), quanto pela continuidade dada quadro a quadro dentro do clipe. É por essas e outras que o Coldplay merece estar no posto de uma das melhores bandas da atualidade.

twitter.com/cadu_macedo





Álbum: “Led Zeppelin IV”, de Led Zeppelin

27 01 2010

Bom, pra começar a nossa discussão construtiva sobre o mundo da música do século XX, eu escolho nada mais, nada menos que o tão importante “Led Zeppelin IV”, o 4º álbum lançado pela banda inglesa. Na verdade, o álbum não possui título, idéia de Jimmy Page, cansado das críticas atribuídas ao não menos importante “Led Zeppelin III”.

Composto por 8 músicas, o CD (relançado anos atrás) possui pinturas por dentro, nenhum texto sobre a produção do CD, os famosos quatro símbolos dos astros da banda e apenas a letra de “Stairway to Heaven”.

O álbum foi adquirido, em todo o mundo, mais de 37 milhões de vezes, entrando pra lista dos mais vendidos de todos os tempos. Em 2003, ficou na posição 66 do ranking da revista Rolling Stone.

***

Feita a descrição, vamos então a ótima e famosa tracklist do álbum:

1. Black Dog – bem conhecida, Black Dog fala sobre um homem descrevendo os “sentimentos mais primitivos” que sente por uma mulher. Ótimos acordes, destaque pra Robert Plant. (Veja aqui)

2. Rock and Roll – outra sobre o amor, Rock and Roll imortalizou-se pelo refrão “been a long lonely, lonely, lonely, lonely time”. Fantásticos acordes, destaque pra Robert e Jimmy Page. (Veja aqui)

3. The Battle of Evermore – utilizando-se do bandolim, a banda deu novos ares e novo gás às suas composições. (Veja aqui)

4. Stairway to Heaven – uma das melhores músicas do rock mundial. Não há críticas sobre “Stairway to Heaven”. Com certeza, essa música foi o carro-chefe de vendas e sucesso do Led Zeppelin. Não há como definir o que é a profundidade e o significado de “Stairway to Heaven”, considerada uma das mais lindas músicas já escritas. Tire sua conclusão também: Letra com tradução (Veja aqui)

5. Misty Mountain Hop – batidas mais modernas, destaque para a mixagem. (Veja aqui)

6. Four Sticks (Veja aqui)

7. Going to California – bem calma, ideal para domingos e dias chuvosos. Quase acústica. (Veja aqui)

8. When The Levee Breaks – batida bem legal e ótima sincronia. Depois de Stairway, melhor música do álbum. Conta a história de uma “certa barragem que estoura, e aí meu filho, você não tem onde ficar”. Bem psicodélica e filosófica. (Veja aqui)

.

#opulodogato –  (Essa é a parte do post em que a gente vai dar uma dica que resume tudo) Ficou interessado no Led Zeppelin? Uma imperdível sugestão é o DVD “The Song Remains The Same”, gravado no Madison Square Garden. Eu tenho um exemplar! 🙂

.

Espero que tenham gostado. Abraços. twitter.com/cadu_macedo